Quarta-feira, 16 de Setembro de 2009

Dei por mim, a reflectir sobre  os vários tipos de pontos e sobre o porquê da sua existência....como por exemplo: o ponto de interrogação, os pontos negros, o ponto de exclamação, o ponto e virgula,  os pontos nos i's, os dois pontinhos, o ponto final, os três pontinhos e os pontos que invadem o céu, denominados por estrelas....

 

É sobre estes últimos que a minha reflexão foi mais profunda.....pois sobre os pontos que se utilizam na escrita, apenas tenho a dizer que servem para isso mesmo, para que um texto ganhe vida, os pontos negros já têm mais algum interesse, pois servem para chatear o nosso companheiro/a, quando o obrigamos a nos deixar espremer até sair aquela nhanha toda, finalmente sobre os pontos que brilham no céu, estes são um fenómeno bem mais interessante pois para além de poderem ser planetas também podem ser estrelas com a particularidade interessante de se tranformarem em estrelas cadentes. Cada um tem um nome e apresentam tamanhos diferentes consoante a distancia a que os vemos......

 

Ao observarmos o céu à noite, a maioria do ser humano gosta de apreciar a lua, as estrelas, mas o auge é quando se vê aquele pontinho luminoso transforma-se numa pincelada momentânea de luz....aí tudo pode acontecer, desde o pedido de desejos, como partilhar o raro momento se  estiver acompanhado, em que este se traduz-se no pedir do desejo seguido do "-viste, viste!!!!?" aquela estrela cadente!?... claro, que a outra pessoa não viu, pois o tempo de se pedir o desejo até informar o outro, a estrela desaparece.

 

....Mas isto não acontece se for uma chuva de estrelas, fenómeno também ele raro e normalmente anunciado antecipadamente nos telejornais e boletins meteorológicos. Aí temos tempo para ver e prepara tudo, desde saídas românticas, ajuntamentos com os amigos, em locais descampados, três pontinhos.....

 

No sábado passado estavam reunidas quase todos estes requisitos, menos o facto de não terem anunciado nada na televisão (e eu achar que, lá está, os meteorologistas erram sempre):

 

Noite.....

amigos......

céu sem nuvens....

praia.....

calor....

mar....

mergulho......

 

Perante este cenário, eu e uma amiga, tivemos o privilegio de assistir à maior chuva de estrelas alguma vez relatada na história. Acreditem se quiserem, foi a loucura......a natureza revelou-se só para nós, e entre mergulhos no mar frio de uma noite de verão, os pedidos de desejos e os gritos "isto é brutal" a euforia cresceu em nós..... Enquanto vislumbrávamos os milhares de pontos brilhantes de estrelas cadentes no céu a transformarem-se em gaivotas...... foi excepcionalmente único. 

  

E... é assim que o vou guardar este momento mágico na minha memória.

 

 

publicado por oquemeirrita às 19:51
link do post | comentar | favorito

Lá está, o segredo está sempre nos olhos de quem vê.
E sim, decididamente: o meu Brad Pitt vem a caminho.
conteudolatente a 18 de Setembro de 2009 às 14:18

Andas muito parada....
conteudolatente a 24 de Setembro de 2009 às 13:12


pesquisar
 
Setembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29


últ. comentários
Acho que não, mas se tu estás na dúvida, então faz...
Yuhuuuu!!! Regresso à escrita????? Muito bom!!! :)
http://www.elanao.com/
já actualizavas isto, não?
Olá... vim retribuir a visita... Um blog muito int...
arquivos
mais sobre mim

blogs SAPO


Universidade de Aveiro